Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Renato Prado






A VIDA QUE AMO

Amo as coisas que a vida traz
Sem pressa e inesperadas.
Amo a vida que traz
Do nada....
Como presente que deus manda.

Amo a vida que entra
Sem se apresentar.
Sem cerimônias ou castigos.

Nem bate na porta
Entra....
Como ventania inesperada.

Gosto da vida que chega e abraça
Como amor sincero de mãe.

Gosto da vida
Que quando se busca
Não chega na hora clamada
Mas aparece depois
Do nada....
Sem se esperar.

Gosto da vida...!
Que se busca com força e ansiedade
Mas sempre chega por acaso
Quando não se era mais esperado.

19 de março de 2007

Tempo de carregamento:0,02