Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Aaron kamo






Profissão Gari

 Poesia: Profissão Gari Minha profissão é gariJuntar o que a humanidade descartaTransportar de um lado pra outro as sobras humanasEnterrar resíduos orgânicos para adubar a terraReciclar os plásticos para fazer novas embalagensVarrer os espaços sujos para que as pessoas possam ocuparSou muito trabalhador e reconheço que minha profissão é sagradaAlguém tem que fazer o trabalho pesadoMas o sol a mim também pertenceEu devia ganhar um salário muito melhor, por limpar a sujeira do mundoE levar o lixo da sociedade para longe dos olhos dos bem favorecidosSou gari com orgulho, pois é uma profissão nobreJunto muitas coisas e reaproveito na minha alimentaçãoJunto muitas coisas e reutilizo para mobilhar minha casaPois como tenho família preciso sustentar meus filhosE rezo para que eles possam estudar e ter uma profissão mais digna e melhor remunerada.Se bem que ainda penso que um gari devia ganhar muito melhor nesse país.Por se sujeitar entrar em contato com bactérias, vermes, ratos e todo tipo de insetos.Bem gostaria de pedir que me dessem injeção de proteção primeiramente a mim, para me proteger das doenças desse mundo.Que me dessem luvas para trabalhar e que fossem trocadas periódicamente.E que eu tivesse um local para tomar banho após um dia de trabalho cansativo, para chegar em casa limpo ao abraçar minha esposa ou esposo e filhos(as).Bem essa é a poesia dos garis ou popularmente conhecidos como lixeiros. Muito Obrigado! a quem ler... Redigido pelo Poeta:Aaron kamo

Tempo de carregamento:0,03