Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







JESSÉ BARBOSA DE OLIVEIRA






SONHO VEGETATIVO

                                  

   

Quero que o meu poema estafe o malévolo estafeta.

Quero que o meu poema derrote e macule a vileza.

Quero que o meu poema indelevelmente seja

O matrimônio perfeito do lirismo com a dureza.

  

Quero que o meu poema

Sidere completamente o rejuvenescedor DNA da hipocrisia.

 

Quero que o meu poema

Revele os sofismas

Que alimentam incessantemente

A sanha e a peçonha

Do Imperialismo, da Tirania!

  

Quero que o meu poema

Tenha o poder de trazer á tona

A maior de todas as epifanias:

 

Que a busca pela IGUALDADE

Não é, de maneira alguma,

O Supremo Triunfo da Mentira!  

 JESSÉ BARBOSA DE OLIVEIRA

Tempo de carregamento:0,04