beneditocglima






poema solto

eu vou deixar o meu poema solto/buscando espaço/no seu abraço/e depois eu vou pescá-lo/na luz do embalo/na flor do campo/na luz do asfalto/no riso franco/da bela morena/tão doce e pequena.

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.