Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







beneditocglima






Taça de Amargura

Eu bebi sem querer toda taça
Com raça
E sem, medo
E descobri o segredo
Era a taça da amargura
Por  causa dessa desventura
Cai num abismo
E hoje louco eu cismo
Na busca de um Amor de outrora
Que se perdeu nas fíbrias
Do passado,
Ah se o tempo pudesse voltar
Eu quem sabe  tomaria um outro rumo..
E a minha vida sofrida
Seria um novo alvorecer
Quando então as cordas do existir fossem tocadas pelo  Destino
E eu menino sonhador
Me tornaria um trovador.

Tempo de carregamento:0,02