Amarilia Teixeira Couto






Convite

Bilhete (Mário Quintana)

Se tu me amas,
ama-me baixinho.
Não o grites de cima dos telhados,
deixa em paz os passarinhos.
Deixa em paz a mim!
Se me queres, enfim,
.....tem de ser bem devagarinho,
.....amada,
.....que a vida é breve,
.....e o amor
.....mais breve ainda



Convite

Estarei a tua espera
Assim que o sol se pôr
Se me queres como eu quero
A ti
Atende  aos meus apelos
E me vem assim
Sorrateiro
Sem que a vizinhança
Pressinta teus passos
Que o anúncio de tua presença
Se faça
Apenas pelo teu cheiro

Ah, não me assanhes
A alma
Não te faças de rogado
Nem charme além da conta
Vem
Mas que seja de mansinho
Sem alarde
Sem má vontade
O meu corpo arde
E anseia por tuas mãos

Se me queres
enfim
Te atreve
Me chega felinamente
Com o olhar contente
E sequioso dos beijos meus
Porque o tempo voa
Amado
E não perdoa
Quem do amor
Não atende ao chamado




CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.