Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Valéria Luciane Okano Halila






Conversa de madame

- Pois é, menina. Tive o mesmo problema! A minha andava relaxada. Só queria saber de rua.
- Não sei mais o que fazer! Acredita que ela devorou as sobras do bolo de aniversário da Renata? Já falei mil vezes pra não mexer na geladeira. Adianta? Capaz! Achei um monte de potes de Yakult escondidos no quartinho!
- E a minha! Fui até o salão fazer as unhas, coisa rápida. Na volta, encontrei a insolente deitada no sofá em frente à TV! Parecia a dona da casa!
- E aí? Como botou a atrevida na linha?
- Quarta-feira, estava indo ao shopping conferir uma liquidação naquela loja chiquérrima onde a Natália faz compras. Parei no semáforo. Um pivete foi logo enfiando as mãozinhas sebosas janela adentro. Fiquei apavorada! Achei que ia me arrancar os brincos, quando atirou um folheto amassado no meu colo. Foi a solução dos meus problemas.
- Conta! O que dizia?
- Era de uma agência de domésticas. Oferecendo criadas de várias
espécies: babás, cozinheiras, governantas...
- Arrumou empregada nova?
- Imagina! O Cláudio ficou sentido, não quis mandá-la embora. Afinal,
está conosco há oito anos. Além de pessoal, ofereciam cursos de treinamento...
- Entendi, mandou adestrar a sua!
- Custou caro, mas valeu a pena! Janete voltou mansinha. E o melhor,
cozinhando divinamente! Faz cada biscoito!
- Passe o número. Vou ligar agora mesmo.

Tempo de carregamento:0,03