Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Betimartins [ Elisabete Ribeiro ]






Dueto de Amor

Dueto de amor

Juntos vivemos vidas, caminhamos juntos e muitos caminhos.
Eu te busco, sinto completa, perfeita e única somente tua e nada mais
No intuito de encontrar no mundo e sonhando

Eu também sonhei nesse teu sonho lindo e único de amor
Fazendo pensamentos mas sempre sozinhos...

Sim e muitas vezes sozinhos, chorando de amor e desamparados
Vidas passamos seguindo sempre de lado a lado


Outras vidas, que vivemos foram infelizes e não foi por acaso mas sim pavor

Mas um dia pararam o tempo mas o tempo seguiu e nao parou
Sim, pararam o tempo só para te encontrar mas o tempo sempre andou

As rosas secaram, as folhas caíram, conversamos ao tempo
Pois conversamos ao tempo do amor mas ele não escutou

Ninguém nos escutou, choramos e não ouve escolha pois

Sim ninguém escutou, nem as lágrimas acalmaram todo este amor
Pois o amor já havia-se fundido e se encontrado em nossas almas novamente.

Sim, eu te vi e encontrei e coração disparou forte e mais alto que o tempo

Acreditamos na sorte na rudeza da vida mas eu te encontrei

Eu não queria acreditar que eras tu que estavas ali, tudo em mim despertou

Curvamos arquejantes como em um campo de batalha

Sim pelo cansaço e pela procura de tanto lutar contra a vontade do tempo

Suados, cansados mas juntos no silêncio da alma e neste belo amor

Sim foi nesse silêncio da alma que eu fui tão amada, ressuscitada

Meu amor, tudo está o que esta a passar amor meu, não quero acreditar que nesta vida vamos ser vencidos novamente

Eu não deixarei que isso possa voltar acontecer, lutarei e vencerei esta grande batalha pelo teu amor.

Não quero ser meu amor uma ilusão perdida, um errante navegador que navega pelo oceano da vida, em busca...

Nem sequer eu, meu querido e nobre amado que tanto busquei em nome deste amor.

Vagando o vago amor pois tenho apenas uma taça de crença vazia, uma esperança sepultada se não tenho a você para amar pouco me adianta navegar seguir a caminhada.

Te prometo que esta vida que nos encontramos, nem o tempo e nem a morte sequer já nos poderá separar porque agora sabemos que somos almas amadas, únicas e apaixonadas.

Nem a baga do tempo, em os impedimentos, nem as dores da saudade, nem distancia dos oceanos nos iram mais separar...
 
Notila / Betimartins
Betimartins

Tempo de carregamento:0,04