Paulo de Faria Salgado






CASO DE AMOR COM A VIDA.

No meu caso de amor com a vida,

Amei a estrada por onde andei.

Não foi feita só de reta, curva e asfalto.

Por chuva, atalho e buraco passei.

E ao chegar ao fim do caminho,

Sem correria ou sobressalto, 

Quero apenas poder dizer... Cheguei!

 

Feliz e agradecido irei ficar,

Quando o retrovisor mostrar,

Todos aqueles que me ajudaram a chegar.

 

Muitos pelo meio da viagem hão de ficar;

Uns por acreditarem conhecer o roteiro,

Outros por não saberem guiar.

(Paulo Salgado - 05/2010)

 

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.