JESSÉ BARBOSA DE OLIVEIRA






A LIRA DA ERRÂNCIA DOS PENSAMENTOS

      Bem no fluxo do sonho moribundo,A mente procura o significadoDo que é vagar sem rumo.  Bem no seio do céu profundo,Um bando de corvos, açores Albatrozes, gaivotas e bem-te-visVoa inalando o eflúvio do caótico mundo.  Bem no âmago das chacinas, úlceras, mentiras,Mazelas, senzalas modernas e opressão,Repousam as guloseimas que anestesiamSensores de discernimento da razão.  Contra o triunfo Do horizonte soturno,Há a resistência da contumaz e inermeFlor amarela que afloraDo solo dos opacos olhos cor de insone névoa.                  JESSÉ BARBOSA DE OLIVEIRAhttp://bocamenordapoesia.webnode.com.pt/  ·                                 http://twitter.com/jessebarbosa27 

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.