Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Eulália Cristina Costa e Costa






Nó na garganta

    Quero gritar com uma força e voz tamanha.Fazer ser ouvido o que hoje está preso em minha garganta,Preso como um nó entre tantos outros nós. Fazer despertar aqueles que eu tanto quero amarE deixar registrado o que quero lhes falar. O nó na garganta já não vou mais suportar,Precisa ser desatado com uma rapidez velozAntes que acabem com a minha voz. Nó na garganta,Um dia ele não mais existirá,Pois minha voz se calará.O desejo morrerá e o amor, talvez, não resistirá à morte E  ao esquecimento nem mesmo com o passar do tempo.

Tempo de carregamento:0,05