Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







yuri monteiro do nascimento






Enigma do Báculo

Enigma do báculo Primeiro capitulo 1 – A misteriosa chave

Um menino chamado Yuri ,morava com seus pais nos Estados unidos estavam se mudando para Tókio e uma pequena cidade chamada Nadesco

 ,por causa de uma transferência de trabalho do pai de Yuri , quando Yuri retirava as caixas do porão achou um livro , era um livro vermelho com uma estrela no centro branca de 12 pontas observou o livro por  um tempo ,colocou a caixa que estava em suas mãos no chão sentou-se no chão pegou o livro olhou a capa durante um tempo e o abriu ,não havia letras apenas códigos estranhos  rapidamente o livro começou a brilhar com um raio intenso ele jogou o livro no chão assustado o raio imenso do livro começou a desaparecer a mãe de Yuri apareceu no porão perguntado por que ele estava demorando tanto Yuri pegou o livro e botou dentro   da caixa que estava carregando .

No primeiro dia de aula ele tropeça numa pedra na entrada da escola ,os alunos  começaram a rir com o tombo que ele levou Yuri saiu correndo para dentro da escola ,procurou o numero do seu armário , ele estava com dificuldade para abrir o armário nunca vai consegui-lo abrir desse jeito disse o menino de óculos ,por que –respondeu Yuri ,-o papel com a senha esta de cabeça para baixo –disse o menino de óculos Yuri” pensou que idiota sou eu ,cai na frente da escola agora isso droga “  -oi o meu nome e seu , e o seu ?disse seu ,-o meu é Yuri respondeu , -você e novo  por aqui disse seu  sorrindo para Yuri  , - a eu preciso saber quem e a profº  tomoyo disse Yuri para ele  ,- ela nossa porfº  de historia ,já no primeiro dia de aula os dois se tornam melhores amigos  quando Yuri saiu da escola sente um presença  muito forte  e aí lembrou do livro vermelho ,chegando em casa achou suas colocando a mesa para o jantar meu filho lave a mãos e sente-se conosco depois –disse ,Louis quando acabou de jantar foi para o quarto pegou o livro que estava em cima de sua cama quando abriu o livro só havia  paginas em branco ,colocou o livro na cabiceira da cama e foi dormi nessa mesma noite Yuri sonhou algo muito estranho  que haiva um chave tinha a forma  do sol era bem estranha havia uma insignia embaixo de seus pés O símbolo principal é a estrela que está no centro na parte externa forma uma estrela de 12 pontos com três quadrado, redondo isso são os símbolos do zodíaco ocidental  a chave que estava em sua Mao se transformava em  um báculo  noites,noites sempre sonhava com o mesmo sonho ,na escola de tomeda entra um nova aluna chamada Diana ,ela era muito tímida ,e não   falava com ninguém  Yuri e suyo - olha ela ...ela e tão .... disse suyo –tão o que?-perguntou Yuri ,-tão tímida respondeu suyo  envergonhadamente ,-vamos conheçe-lá melhor – perguntou Yuri par suyo ,- ta –respondeu suyo quando chegaram perto de Diana   - oi ,qual e o nome de vocês dois perguntou Diana, – oi  o meu é Yuri e o dele suyo  respondeu Yuri  ,o sinal toca  Yuri escuta um sussurro  bem baixinho dizendo “cuidado” Yuri arregalou os olhos e perguntou para suyo –vocÊ escutou alguma coisa ,-nada respondeu suyo .Quando Yuri ,saiu da escola  um gato preto estava correndo em direção a ele ,o gato pulo sobre sua cabeça transformando –se em um pantera de fogo  ele fica surpreso e a pantera de fogo some misteriosamente no ar  Yuri sai correndo  chegando em casa vai direto para o quarto  e procurava o livro estranho que achou em sua outra casa pegou o livro e o abriu o livro começa a brilhar e paginas começam a se soltar do livro espontaneamente   e  todas ficam suspensas no ar o livro brilha novamente desse brilho sai um tipo de chave em forma de sol dourada a chave caiu em sua mão um das paginas do livro caiu no chão ele resolve pegar  havia códigos na pagina toda , Yuri ficou observando a folha então os códigos começaram a se transformar em letras legíveis  a chave que Yuri esta segurando transforma-se e um báculo dourado e grande e embaixo de seus pés havia uma insígnia igualzinha do sonho que ele tinha todas as noites quando olhou novamente para folha e disse em voz alta “vento” todas as folhas começaram a sair pela janela rapidamente e separando –se  o báculo volta em forma de chave e ele desmaio e  só acordo no dia seguinte ,chegando na escola encontra Diana na porta do colégio - Diana,preciso falar com você e suyo  diz Yuri   -aconteceu alguma coisa ?pergunta Diana -sim  -respondeu Yuri com um tom abafado-pelo jeito ,não foi boa –disse DianaChegando no corredor encontram suyo guardando o livro que pegou na biblioteca ,-preciso contar ..... disse Yuri com um tom afobado  ,Yuri olha para o corredor e vê o vulto de uma pantera  e escuta o grito da professora tomoyo eles saem correndo em direção a sala chegando –lá acham a professora tomoyo desmaiada no chão a pantera de fogo colocou ela nas  costas e pulo da janela desaparecendo misteriosamente  junto com professora tomoyo  ,Yuri e suyo vão pedir ajudar e Diana olha pela janela  e vÊ  que  há alguma coisa estranha  Yuri suyo  vê- em que os alunos não estão  mexendo-se   , -aí não –disse suyo  , -o que aconteceu ? pergunta Yuri para SUYO  , - eu acho que..... o tempo parou  , -como assim? O tempo parou ! gritou Yuri  ,Yuri sentiu um presença e olhou para trás e viu  a pantera pegou o braço de suyo e saiu correndo para sala da professora tomoyo  a pantera os segui até a sala .-saiam daqui eu vou distrair e vocês vão para a biblioteca e não saiam de lá –disse Yuri -vocÊ  não vai lutar com essa pantera sozinha –disse Diana 

Suyo  puxa o braço de Diana ,Yuri transforma a chave em báculo mais a pantera pula em cima dele Yuri se defende com o báculo mais ele não consegue se livrar por que  ele era  muito forte ,Diana empurra a criatura tirando-a de cima de Yuri  ,Diana puxa o braço de Yuri eles correm para biblioteca , a pantera segue eles  até a biblioteca  ao fechar a porta da a pantera consegue entrar  Yuri se assusta e sem querer usa o feitiço   do vento a jogando a para a pantera para parede ,e o tempo volta ao normal a pantera desaparece ,a professora tomoyo não se lembrava de nada parecia que sua memória tivesse sido apagada o dia continuo normal sem nenhuma coisa estranha .

Se passaram alguns dias e nada de anormal aconteceu na escola de tomoeda  a professora de portugues chamada Elaine pediu um trabalho sobre verbos transitivos e intransitivos .suyo ficou na escola para pesquisar sobre o assunto na biblioteca ,quando terminou sua pesquisa achou um livro no chão perto da mesa onde estava sentado .Era um livro preto com um espada pegando fogo quando suyo o abriu varias cartas do livro saiu em poucos minutos , ao chegar em casa suyo ligou para Yuri dizendo sobre o que aconteceu na biblioteca .No dia seguinte Yuri contou o que houve com ele na semana passada e suyo também contou o que houve com ele na biblioteca  ao acabar a aula Yuri sentiu uma presença estranha olhou para o céu como se tivesse alguma coisa ali que o incomodava ao chegar em casa suyo percebeu que havia alguma coisa estranha e olhou para o céu , e o  céu estava coberto por sombras suyo  resolveu ligar para Yuri e Diana pedindo para eles se encontrarem no porta da escola suyo pegou as cartas e o livro e pediu que Yuri também levasse o seu livro .

Ao se encontrarem na porta da escola as nuvens que estão cobertas de sombras começam a se mexer e puxam suyo pelo pescoço e desaparecendo no ar Yuri transforma a chave em um báculo as sombra continuam atacando Yuri pede para Diana ir para um lugar seguro um tornado de sombras que  a envolve  a puxando para cima deixando a sufocada Yuri acha uma pagina e grita “anjo alado” ele criou asas enormes  e vou rapidamente para salvar Diana daquele tornado que a envolvia consegui tira-la com um dificuldade mais as sombras estavam atacando  rapidamente Yuri não estava conseguindo desviar direito Yuri uso o feitiço do vento afastando as sombras ,mais não adiantou muito e as sombras estavam perseguindo ele  ,Yuri criou  um redemoinho de vento destruindo as sombras que cobria o céu suyo estava prestes a cair no chão Yuri usou o ventou para  criar um tipo de amortecedor quando olha para cima vê uma pagina do livro que encontrou em sua antiga casa  - Suyo você esta bem perguntou Diana com um tom meio preocupado - -sim eu..estou bem respondeu suyo  Yuri estava observando aquela pagina parecendo que estava  sendo hipnotizado por ela e Yuri escutou um sussurro  baixinho dizendo pra ele ter cuidado com os espelhos por que são traiçoeiros Yuri olhou para suyo e Diana    vocês vão me ajudar –perguntou Yuri para suyo e Diana , sim respondeu suyo confiante ,   - acha que vou perde o meu tempo em casa em vez de salvar o mundo as vezes respondeu Diana com um tom insolente ,no dia seguinte  Diana chega em casa vê sua avo sentada no sofá com um expressão de angustia  pede para Diana Se sentar no sofá que precisa contar para ela sobre os seu pais Diana diz que não quer saber Alice agarra o braço dela dizendo que precisa contar e que é importante e diz que eles morreram no acidente de carro ,mais na hora que Alice ia terminar de contar sobre a morte dos de Diana ,o celular de Diana toca era suyo pedindo a ela que viesse ate a casa de Yuri por que tinha mostrar uma coisa fantástica  , Diana disse que iria depois mais Alice pediu que Ela fosse poderia ser muito importante Diana saiu de casa com um expressão  preocupada .

Alice subiu as escadas ate o seu quarto no seu guarda-roupa pegou uma  caixinha cinza bem antiga e abriu e pegou um diário e um pracelete dourado seu rosto estava com uma expressão triste e escreveu uma carta dizendo “ Diana se achar essa carta ,eu sei que você vai achar muito estranho o meu desaparecimento ,mais não se preocupe eu vou estar bem,mais tenho um favor a você preciso que v para Londres La vocês descobrira o seu a passado que pode ajudar você no futuro 

 Alice beijos   

Ela arruma as malas e vai embora  ,ao chegar em casa Diana subiu direto para o quarto onde achou a uma caixinha em cima dele estava uma carta quando Diana tocou na carta sentiu um aperto no coração ao acabar de Ler Diana começou a chorar e escutou um barulho na sala abriu a caixinha que sua tinha deixado e viu um pracelete dourado com uma pedra vermelha no meio ,Diana colocou o pracelete um raio de luz iluminou toda casa  Diana olhou para o pracelete e novamente escutou o barulho que havia na sala desceu as escadas vagarosamente olhou para em volta da sala mais não viu nada ,quando Diana ia subir as escadas alguma coisa tinha empurrado ela ate a parede ,ele não conseguia se defender os ataques eram muito rápidos quando Diana consegui se livrar daqueles ataques correu para a cozinha se escorou na pia ,e escutou passos em sua direção e , - quem e você ? - perguntou Diana com um tom abafado , -sou um fantasma assassino –respondeu com um   egocêntrico .

Diana olhou para o copo que estava ao seu lado encheu com a água da torneira e jogou no chão  olhou a água que estava se espalhando –se rapidamente  ,  -  você e um fantasma assassino  , mais por que me assassinar ? eu não tenho motivos para alguém tentar me matar –perguntou Diana olhando fixamente para água que escorria em toda cozinha ,fechou os olhos   - fantasma assassino deveria ser mais experto disse Diana com um tom maléfico ,deu um suspiro e abriu os olhos e saiu correndo em direção a porta ,sem reação o fantasma assassino e a enforcou Diana estava quase morrendo seus batimentos estavam lentos ,enquanto Yuri suyo  chegaram ,Yuri transformou sua chave em báculo e usou o feitiço das sombras onde o fantasma largou Diana e ficou preso nas sombras e desapareceu sem deixar vestígios ,Diana desmaiou .

Seis meses depois Diana acordou em  um orfanato de tomoeda  meio tonta tirou o soro que estava em seu braço e foi andando calmamente ,desceu a escada  tomou um susto com a expetora Maria dizendo que era para ela voltar para o quarto Diana saltou sobre sua cabeça e foi correndo em direção a sala da diretora do orfanato chamada Vera , ela era uma mulher branca e pálida ,com um cabelo preto liso e lábios pálidos ,tinha duas pessoas sentadas perto da mesa era um homem e uma mulher pareciam estar nervosos ,Diana se sentou ao lado da mulher que parecia não estar muito bem ,vera deu um suspiro longo e olhou para Diana ,Diana estava olhava em  volta   - Diana vou lhe contar uma coisa ... disse vera com um tom fechado

Diana olhou diretamente no olhos de vera   - Diana Paul e Mary são seus pais adotivos –disse vera com um tom frio e calmo .

Diana olhou para Paul e Mary , vera pegou a Mao de Diana  -  Diana sua avó te deixou uma fortuna e a casa como herança ao sair do orfanato Yuri e suyo visitam ela ,suyo devolve para ela o diário da avo dela .

- Diana , nos lemos o diário da  a sua avó – disse suyo com um tom misterioso

- E o que tem demais –perguntou ela  com um tom duvidoso e triste

- Diana ... sua avó...era casada com o van helsing ,ela chegou a ter dois filhas com ele –disse suyo

-Minha avó nunca disse que foi casada ,ela disse que se apaixonou pelo um homem errado ,na hora errada  -disse Diana

- ah ,Diana   na ultima pagina do diário ela disse que Violet era pessoa que teria que procurar mais não escreveu aonde encontrar –disse suyo

Diana se lembrou da carta que a Avó tinha escrito que ela teria que viajar para Londres ,Diana subiu as escadas correndo Yuri e suyo foram atrás dela , entrou em seu quarto abriu sua gaveta e pegou Carta e disse para os dois vamos viajar para Londres Diana desceu as escadas correndo segurando a carta na Mao com força entregou a carta na mão dela  olhou direto no olhos dela e pediu para Mary ler que era importante ao acabar de ler Mary se sentou com Diana para conversar  pediu licença a Yuri e suyo  e  Peter chegou na hora exata que Mary ia começar a falar ,ela pediu que ele se senta-se  e Diana explicou que precisava viajar para Londres , Peter e Mary conversaram com Diana , e deixaram ela investiga o passado mais com uma condição que ela teria que voltar para não perde o resto das aulas ,Diana liga para Yuri e suyo para eles se encontrarem na escola ,que ela tem um plano ao chegarem na escola , eles esperam a professora tomoyo sair da escola , por causa do conselho de classe .Ao sair da escola  eles param a professora tomoyo dizendo que  precisam falar com ela  .   – Professora tomoyo – disse Diana ,eu sei que você já morou em Londres ,por um bom tempo,e... eu preciso que você viaje comigo  . Diana –disse a professora tomoy -o  eu não posso as feiras estão acabando e as aulas começarão em uma semana . – não –respondeu Diana, vai ser uma semana vai ser dois dias , por favor? .

Ela olhou nos olhos fundos de diana  , e aceitou a proposta de Diana em ir viajar com ela ,Diana abraçou ela com tanta força que ela se contorcia com a força da menina ,ao chegar na casa de Yuri , Diana pede que Yuri viaje com ela  mais, Louis nega  ,Diana implora mais nada acontece , Yuri sobe as escadas direto para o quarto batendo o pé com força , Diana desiste te tanto implorar ,e vai para a casa de suyo   ,  ao chegar na casa de suyo  sua mãe estava fazendo yoga  e digitando  alguma coisa no computador e seu pai estava tentando ajeitar a antena da televisão ,Diana ficou impresionada com a flexidade da mãe de suyo ,ela se abaixou e  pediu calmamente se suyo pudesse viajar com ela dois dias ,sem mais ou  menos a mãe de suyo deixou e pdeiu que ele fosse arrumar para viajar, ela voltou para Casa com um sorriso de ponta em ponta ,arrumou suas malas e esperou suyo  e a professora tomoyo  mais um pequena surpresa aconteceu  , Yuri apareceu carregando suas malas velhas e furadas com um sorriso meio assustador  , ela jogou as malas no chão e o abraçou  tão forte que Yuri sentiu um pouco de falta de ar ,depois de abraça-lo lhe deu um tapa que chegou a estalar ,Yuri passou a mãe em sua bochecha esquerda  .  –ai gritou ele baixinho – Diana você ficou louca me deu um tapa... e ta doendo ... você e bem forte  . – obrigado disse diana com um tom bem irônico  e você mereceu esse tapa  seu idiota  .

Suyo e professora tomoyo chegaram juntos ,chegaram no aeroporto ,esperam o vôo 447 para Londres  um bom tempo ,por causa que um avião estava com um problema no motor ,então atrasou um pouco os vôos .

Amanheceu ... hospedados em um albergue bem acomchegante  ,Diana resolveu conhecer um pouco ,mais Londres pegou o seu guia turístico  saiu passou o dia todo visitando pontos turísticos de Londres como  o museu Madame Tussauds  e Museu Britânico  ,voltou para o albergue para descansar um pouco ao anoitecer Diana chamou Yuri ,suyo  e professora tomoyo ,mais ela estava ocupada estava arrumando a mala por que já no dia seguinte iria embora ,já estava anoitecendo .

Quando estava passando perto da torre Big Ben ,Diana viu um vulto  olhou para lado direito e viu alguma coisa rápida correndo , olhou para o lado esquerdo quando alguma coisa surge a sua frente ,era um vampiro com dois metros de altura e forte ,pegou Diana pelo pescoço quando Yuri iria intervir alguma coisa agarro lhe por trás , era outro vampiro de 1,99 de altura , suyo olhou e foi pedir ajuda quando foi  jogado contra o chão e uma vampira colocou o pé no peito de suyo , ele estava desacordado ,Diana lutava para conseguir sair daqueles imensos braços daquele vampiro de 2,0 metros  .

Diana olho em direção a torre de Big Ben  e viu uma pessoa estava em cima de um dos ponteiros observando tudo aquilo  ,Diana estava  fraca e começava a demonstrar Sinais cansaço , Diana estava desmaiando quando aquela pessoa da torre resolveu pular .

Com um salto inacreditavel ela pulou daquela torre e caiu em pé no chão , aquela pessoa foi se aproximando ,era uma garota  com um cabelo longo e preto com uma calça preta e bem justa em seu grande corpo de mulher  ,ela carregava duas espadas em suas mãos  ela estava andando em direção a Diana ,Diana olhou para o seus olhos e levou um susto ,os olhos da menina de cabelo longo e preto ,eram cinzas  ,ela começou a correr rapidamente em direção a Diana e rapidamente cortou a cabeça do vampiro de 2,0 metros de altura ,Diana se surpreendeu com a velocidade daquela menina ,ela enfiou a espada no coração da vampira que estava com o pé em cima do peito de suyo ,a vampira no mesmo isntante virou pó junto com o outro vampiro que agarrava Yuri , ela olhou para o pracelete ,que Diana usava no pulso direito  . – esse pracelete....- disse a garota com um tom duvidoso - conheço esse pracelete  ,ele é da minha mãe  .-não –gritou Diana –esse pracelete e da minha avó ,ela deixou para mim . sua avó – disse a garota –sua avó se chama Alice . –sim disse Diana –por que ? .- ela é a minha mãe disse a garota com um tom frio  . –você e minha tia ,então ?qual é o seu nome ?-disse Diana . sim respondeu a garota   -o meu nome é Violet ,e o seu ?. –o meu nome  é Diana .

Violet puxou Diana e a abraçou bem forte , Diana voltou para o hotel com um sorriso enorme de felicidade ,chegou no dia seguinte ,Diana acordou bem cedo e foi para o museu britânico onde iria se encontrar  novamente com ,Violet  Yuri e suyo também foram ao encontro de Violet  no museu britânico , ao chegar no museu , Violet levou eles ate  o castelo dela ,era um Castela bem grande  Violet costumava a chamar o castelo de van  . –por que você chama esse castelo de van perguntou Diana com um curioso .-por que meu pai é van helsing  -respondeu Violet . – seu pai é van helsing !!! -gritou suyo  que fez um eco enorme no castelo . –meu avó e o caçador de monstros ?-perguntou para Violet .- sim ele é um caçador de monstros –respondeu Violet .- ele esta vivo –perguntou Yuri para Violet  . –claro ,ele agora é imortal .-meu avó e imortal , como ? – perguntou Diana para Violet . – a..certo sente-se vou lhe contar a historia desde do começo  .

“ van helsing  conheceu a minha mãe no vilarejo ,onde estava caçando alguns lobisomens  ,um  deles estava atacando uma velha senhora ,minha mãe foi ajuda-lá  ,mais ela já estava morta  um dos lobisomens apareceu na frente da minha mãe ,quando o lobisomem ia ataca-lá  ,van helsing pulou em cima do lobisomem cortando sua garganta apenas com um faca . Um mês depois eles se casaram , mais a aldeia foi atacando novamente por vampiros ao comando de Drácula o vilarejo ficava perto da Pensilvânia ,foi ele que ordenou o ataque de lobisomens , um dos vampiros seqüestrou a minha mãe e levou ela para o castelo do Drácula ,van helsing foi mordido por um lobisomem que guardava o castelo , mais conseguiu fugir  e faltava meia hora para ele se transformar em lobisomem ,ele saiu correndo em direção a uma escada que dava no laboratório do castelo ,e era onde estava a minha mãe Drácula alisava o pescoço dela suavemente ,van helsing achou o laboratório olhou para a minha mãe em saiu correndo em direção ao Drácula ,mais caiu no chão devido a as grandes dores que sentia devido a mordida que tinha levado do guarda lobisomem ,Drácula  olhou seu sofrimento e resolveu mordelo   ,os batimentos de van helsing aceleraram ele sentia muita falta de ar , Drácula beijou a testa da minha mãe desceu as escadas e foi embora e nunca foi visto , um cientista que era prisioneiro de Drácula conseguiu fugir da sela e encontrou van helsing estirado no chão e a minha mãe estava chorando muito por que pensava que van helsing  estaria morto ,o cientista reparou  que ele tinha dois marcas de mordidas nos dois lados do pescoço ,pegou van helsing e levou para seu laboratório por um bom tempo e criou um soro que faria que ele se torna-se mestiço meio vampiro  e meio lobisomem dando –lhe poderes inacreditáveis como super –agilidade, super –força e etc  ,ele e a minha mãe voltou para a aldeia depois de um mês ,ela estava grávida de mim ,mais van helsing a a abandonou por causa do perigo que corria se  vivesse com ele , quando nasci ela me deixou na Pensilvânia e foi para Tókio ,então eu descobri que também eu era uma mestiça eu nunca mais eu vi ela ,e o meu pai nunca mais apareceu “ .

- E esse castelo?  - perguntou Diana  . –meu pai deixou –respondeu Violet com um tom triste

-van helsing ? - perguntou Yuri com um tom curioso . –não respondeu Violet com um tom violento e hostil  .  celular de ,Diana tocou era a professora tomoyo  dizendo que o vôo foi cancelado  por causa da grande chuva que havia ,Diana  olhou ao seu redor  e  levantou-se da cadeira e foi em direção a janela  viu a chuva que cai com força sentiu o cheiro de terra molhada e suspirou como o ar estivesse pesado , Violet escutou um barulho em seu quarto e sentiu um cheiro estranho ,ela pegou sua espadas de Hattori Hanzo e subiu as escadas calmamente , o barulho que havia  escutado estava cada vez mais frequente ,diana ,suyo e yuri foram atras ,Violet abriu  a porta de seu quarto ,olhou ao redor era só um coelho que tinha fugido da chuva ,mais ela sentiu outro cheiro ,era o vampiro que estava no teto ,ele pulou Violet enfiou a Hattori Hanzo em  seu peito o vampiro que estava no teto viou cinzas ,que se espalhou por todo o quarto  diana ficou empresionada  com as abilidades de violet  ,ela pega o coelho no colo e  o beijou na testa abriu a janela  e o jogou , o coelho morreu na queda por que bateu  a cabeça na tronco da arvore , Diana fechou a janela rapidamente com uma expressão de assustada e ela  deu uma risada meio diabólica depois suspirou , o celular de Diana tocou novamente era seus pais preocupados ,Diana conversou com eles um bom tempo , ao acabar de falar no telefone ela olhou para o relógio e era seis horas da tarde , Diana  voltou para o hotel com uma expressão triste , ela acordou cedo era umas sete da manha  Yuri e suyo estavam dormindo e a professora tomoyo estava roncando como uma porca no chiqueiro , ela saiu do albergue ela viu um menino de cabelos pretos ,e olhos escuros de pele bem pálida e ele estava montado em um cavalo branco parecia estar procurando alguém ,  Diana foi em direção a o garoto de cabelos pretos e olhos e escuros  e disse

-seu cavalo é lindo!-perguntou Diana .de que raça ele é ?

-ele é um alazão –respondeu o garoto de cabelos pretos com um belo sorriso .

-Qual  é o seu nome ? perguntou  Diana para  o garoto de cabelos pretos .o meu é Diana

-O meu nome e John –respondeu John . foi um prazer conhece –lá

O menino de cabelos pretos cavalgou com seu alazão , ela o observou ,parecia estar a apaixonada por ele ,ela o continuou observando   até ele virar a esquerda , quando John virou a esquerda da rua do albergue escutou um sussurro em seu ouvido dizendo “pare o cavalo e desça dele” John estava hipnotizado por aquela voz desceu de seu cavalo  foi em direção ao homem que estava debaixo da arvore o céu estava começando a ficar escuro e um e começou a chover ,John olhou para o céu e suspirou e continuou a caminhar em direção ao homem que estava embaixo da arvore , ao chegar  o homem que estava atraindo John com uma energia maléfica e poderosa  o homem que estava embaixo da arvore saiu das sombras que  cobria seu corpo  John assustou-se por que não era um homem normal ,ele possuía um tipo de armadura e usava uma mascara que tampava todo o seu rosto so conseguia ver seu olho direito o esquerdo estava tampado com a mascara ,sua mascara possui duas cores preta e laranja e tinha um símbolo em forma de S de fogo em sua testa     o vento gelado batia nas folhas da arvore fazendo um pequeno chiado , -ola meu caro John –disse o homem de armadura . –quem e você ? endagou  John . –eu sou aquele que assinara o seu contrato ? –respondeu o homem de armadura . –que contrato ? –perguntou John . – esse !  respondeu o homem da armadura com um tom diabólico . ele puxou ,John pela camisa e apertou seu pulso com força deixando o mesmo símbolo que havia em sua testa  . - esse é o contrato ,você vai me servi ,sua alma é minha agora  ,e o meu nome é slade e nos encontraremos de novo . John caiu de joelho no chão com uma dor no pulso slade olhou o alazão e estalou os dedos ,fazendo o cavalo desmaiar , slade sorriu com se tivesse prazer o sofrimento de John e seu alazão  , seu corpo pegou fogo e começou a desaparecer aos poucos dizendo que “ sua alma agora me pertence “ , o pulso de John estava doendo muito ele  mal conseguia suportar a dor ,ele andou em direção ao seu cavalo e o abraçou com muita força , o seu cavalo acordou do desmaio ,John montou nele e saiu cavalgando  ele deu um suspiro como ar o que tinha em seu pulmão estivesse cheio de ódio , ao chegar em casa achou seus pais mortos na sala , ele viu um homem sentado no sofá ,tomando uma xícara de chá e com uma espada em sua mão esquerda , ele colocou a xícara sobre a mesa de centro que havia na sala , ele levantou da cadeira  .-  esta na hora de testar seus novos poderes John !– disse o homem que carregava a espada  . - quem e  você ? –perguntou John . sou o juiz que testara você  ! –respondeu o homem com um tom suave   , John subiu as escadas correndo para o seu quarto , homem com a espada parecia estar calmo , ele subiu as escadas calmamente , John se trancou em seu quarto, quando ele abriu a janela o homem com a espada com a porta de seu quarto , John  saiu de perto da janela  ,ele pegou o abajur e jogou em cima do homem que carregava a espada e desceu a escada correndo e começou a notar que a marca que havia em seu pulso ardia com estivesse pegando fogo   , o seu braço começou a pegar fogo ,olhou se olhou no  espelho  seu corpo todo pegava fogo , mais ele não sentia dor , e uma explosão de fogo o envolveu e John era um caveira de fogo ,na verdade era um fantasma , o homem   que carregava a espada na Mao direita e descia a escada  calmamente , John escutou um barulho na varanda ,era seu cavalo entrando  na sala de estar , mais seu cavalo era um também um fantasma como ele   , o homem que descia a escada calmamente parou no quinto degrau da escada ,  e olhou ao seu redor  e desceu o resto dos degraus da escada  com um sorriso  um pouco maléfico , John foi se aproximando de seu cavalo , o homem percebeu que John fugiria ,correu em direção em  John e fez um grande corte sem seu braço

- lute ou morrerá ! - disse o homem com um tom desafiador .  –o que lutar ,mais para o que ?-respondeu  John  .

Ele continuou a ameaçar John , mais ele não fazia nada , John olhou para os corpos de seus pais e sentiu uma fúria e energia poderosa ,seu corpo  acumulou uma energia  negra a onde atirou um super-aquecimento em cima do homem que carregava a espada fazendo a casa toda pegar fogo , o homem em si não morreu queimado ,depois do super-aquecimento de John ,ele estava entacto perto da escada  , ele riu para o John  e disse

- o teste acabou , você provou que pode carregar o selo da trevas em seu pulso e seus....poderes são inacreditáveis  , vocÊ  provou que será um ótimo soldado das trevas , adeus e nós nos veremos de novo .

John voltou com sua aparência normal e seu cavalo também , ele olhou seu pulso ele olhou ao seu redor foi em direção aos seus pais e beijo suas testas , montou em seu cavalo e desapareceu na nevoa que cobria seu bairro depois daquela chuva .

 Já no albergue  Yuri ,Suyo ,Diana e professora Tomoyo  já estavam  quase embarcando ,quando  anunciaram que os vôos  foram novamente  cancelados por causa de uma grande chuva que estava acontecendo , Yuri olhou para o céu  sentiu uma presença ,e percebeu que aquela chuva não era normal ,e cada vez a chuva ficava mais forte e intensa , a presença que Yuri sentia ficava cada vez mais forte , ele resolveu chamar Diana e seu  para irem com ele ate  a entrada do banheiro masculino  , lá ele explicou o que estava acontecendo , cada vez a mais a chuva aumentava ,  sem a professora tomoyo perceber  eles foram para a porta da frente do aeroporto , a chuva que cai em toda aquela região parecia afetar os pombos que sobrevoavam o aeroporto , Yuri olhou para o chão e tinha vários pombos mortos e outros morrendo , Yuri transformou sua chave em báculo  ,e usou o feitiço alado e  sobrevoou todo o aeroporto , ele usou o feitiço do vento para se desviar da de um chicote de água parecia o seguir de um maneira muito estranha , mais o feitiço do vento não era tão forte para desviar um chicote de água gigantesco , Yuri desviava com muitos problemas com o  gigantesco chicote de água , Yuri parou de desviar do gigantesco chicote e usou o feitiço das sombras  como se  fosse um corrente onde deixou o gigantesco chicote paralisado e usou o feitiço do vento para congelar o chicote que se contorsia dentro daquelas corretos feitas de  sombras , Yuri usou o feitiço do vento fazendo um tornado onde congelou o feitiço da chuva e o fazendo virar uma das paginas de seu  livro , os feitiços da sombra e vento desapareceram sem deixar vestígios , Yuri transformou o báculo e chave .

E a chuva agresiva que caia e atrasava toda a cidade de Londres tinha terminado , o sol que estava coberto por nuvens provocadas por um feitiço de magia negra tinha desaparecido , o caos da cidade havia acabado menos os estragos , havia carros de cabeças para baixo ,lojas destruídas  e todos os aviões do aeroporto de Londres estavam com problemas  , havia aviões sem asa e  etc ...  o caos e nervosismo  que dominava o aeroporto  ,alem que muitas pessoas agiam como não tivessem educação e respeito a mulher que estava atrás do balcão era ofendida com insultos pesados , os seguranças não pareciam obstáculos para multidão de pessoas enfurecias e mal educadas , professora tomoyo estava sendo empurrada e masacrada  pela aquelas pessoas sendo um pingo de educação e respeito  a  cada vez  mais havia pessoas em torno da mulher que estava atrás do balcão ,eles voltaram para o albergue  onde os pais de Diana e do Yuri ligaram para saber por que eles não estavam no aeroporto de Tókio ,  ao acabar de falar no telefone Diana foi em direção a janela e ficou observando durante bom tempo , uma leve chuva começou a cair acompanhada de longas trovoadas , cada uma mais forte que a outra , mais nesse período Yuri sentiu um aperto no coração e uma sensação de perigo , quando um dos raios destrói um teto de um prédio e depois do incidente vários raios começam a destruir prédios ,comércios , casas .

Yuri sai do quarto e desce as escadas correndo Diana e seu vão atrás dele , a professora tomoyo não percebe que eles desapareceram , por que ela estava tomando banho e cantarolava bastante quando tomava o banho ,os três passaram na recepção do albergue , Yuri olhava ao seu redor e via caos e destruição ,pessoas correndo e chorando muito caos acontecia naquela parte da cidade,  o relâmpago atingia o comercio que havi por ali .Yuri transformou sua chave em baculo  e usou o feitiço alado e começou a sobrevoar o local onde a destruição e tristeza reinavam , suyo sentiu uma energia estranha e enterrou suas mãos em seu bolso e pegou uma das cartas que havia achado na biblioteca da escola , a  frente da carta um anjo de fogo  segurando uma mulher em seus braços, Suyo ficou admirando a carta por um bom tempo , ela começou a brilhar constantemente nas mão de Suyo , ele jogou  no ar , onde a carta que parecia ter uns centimetros , aumentou dois metros de altura ficando suspensa no ar , ele passa a mão sobre a carta e subiu sobre ela , e ficou observando Yuri desviando dos raios mortais que destroiam  todo a cidade de Londes , saiu  da carta que estava suspensa no ar e subiu para o quarto onde estava hospedado , a recpecionista  que estava debaixo do balcão estava morrendo de medo , suyo subia as escadas  rapidamente , Diana escutou um pedido de socorro , debaixo de um escombro de um prédio que havia sido totalmente destruido , era uma menina que estava muito ferida e  , Diana tentava se comunicar com ela , mais as palavras da menina soterrada estavam com um tom fraco e triste seu choro estava baixo , o pracelete de Diana começou a brilhar ,sem ela perceber ela conseguiu  retirar o escombro que estava sufocando a menina com uma força   extraordinaria , era uma menina bem bonitinha parecia ter 5 ou 6 anos era loirinha ,tinha olhos azus , Diana pegou ela no colo e a levou em direção a um ambulancia que estava na calçada do albergue , ela entregou a menina a uma mulher que estava examinando uma mulher  que era a mãe da meninha loira de olhos azuis, Suyo pegou o restante das cartas que estava guardando   no bolso esquerdo de sua mala, ele pegou o baralho todo contendo 50 cartas ,ele desceu as escadas  rapidamente , ele passou pela recepeção ,e pegou uma carta que havia na frente um anjo , que era metade luz e metade sombra , mesmo assim jogou a carta no ar e disse “ abra” a carta cresceu ,suyo pulou nela como fez com a outra carta e usou continou a a abrir as outras cartas fazendo um tipo de escada feita de cartas de 2,0 metros , com a correria niguém percebeu que havia um garoto de asas e um menino que usava cartas como uma escada ,estavam muito ocupados salvando as pessoas que estavam muito feridas , mais os relampagos não paravam de destruir toda a cidade de Londres , Yuri continuava a sobrevoar  sobre o caos que acontecia naquele lugar , os relampagos seguiam suyo como se fosse um jogo de rato e gato ,ele pulava de carta em carta , a professora Tomoyo continuava seu banho sem mesmo desconfiar que a cidade de Londres estava um caos,  Yuri e Suyo se desviam dos relampagos que tanto queria lhes destruir , Yuri usou o feitiço das sombras para recobrir o céu , e evitar mais estragos em Londres , Suy pegou uma carta que estava em seu bolso em sua frente haiva um dragão que cospia raios eletricos , ele jogou a carta na sombras que protegiam a cidade de novos estragos , e a carta do dragão fez um efeito inesperado , ele destruiu a cortina de sombras deixando o relampago fugir para outro local , Suyo pegou outra  era a carta que havia um anjo de fogo na frente , ele jogou a carta no céu que se transformou é um raio de fogo que acertou em cheio o relampago que ia destruir uma ambulancia em movimento , assim quando o raio imenso de fogo acertou o relampago casou uma grande explosão que chegou a fazer a terrar tremer  ,  depois da explosão  , o relampago que havia destruido uma boa parte da cidade de Londres tinha se transformado em uma pagina de papel , que o Yuri denominava  de feitiço que caiu nas mãos de Suyo , ele pegou e deu o feitço nas mãos de Yuri , um pouco envorgonhado ele pulou de carta em carta , e Londres voltou ao normal ,mais aquele acidente todo passou na televisão , mais começaram a gravar quando tudo já tinha terminado , profº Tomoyo não percebeu que Diana estava ajudando os bombeiro e Yuri e Suyo enfrentando um relampago que na verdade era um feitiço , mais uma coisa estava sem explicação boa parte da cidade de Londres estava sob caos menos o aeroporto que mesmo assim cancelou os voos por causa da tempestade eletrica que houve , eles conseguiram embarca  para Tokio sem ter algum problemaque os empedisse ,  ao chegar em Tokio ,os pais de Diana ,Yuri e Suyo estavam tão preocupados com eles , ao chegar em Tokio eles já foram  abraçando-os , na proxima semana começariam as aulas , Diana estava anciosa para voltar a escola e reecontrar seu amigos , mais naquela tarde uma mulher tinha chegado na cidade Nadesco , Yuri estava indo para casa de Diana , onde encontrou a mulher que tinha cabelos pretos longos ,seus olhos eram tão negros ,como seu cabelo que brilhava de tão preto , ele parou e olhou no fundo dos olhos daquela mulher de cabelos pretos e longos e viu caindo dentro de um poço que não havia fim , ele sorriu para ele e continuou andando , Yuri a observou a virar a rua e depois foi em direção a casa da Diana .

Tempo de carregamento:0,04