Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Elisabeth Silva de Almeida Amorim






INVEJA

                                      
 
 
Não te vejo
Mas estás perto de mim
Silencioso como uma sombra.
Sonhas comigo, mas não se entrega
Luta bravamente com o seu medo
Medo de mim?
Não de você mesmo.
Medo de amar e ser amado
Querer e ser querido e...
Fugir para os meus braços.
Que inveja tu sentes
Do meu cobertor.

Tempo de carregamento:0,04