Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







VALCI MELO






OS DIAS GRANDES

            Os Grandes Dias se aproximam. Quase nada resta da feira anterior. Falta açúcar, farinha, arroz, café... E dinheiro pra comprá-los. Mas é Semana Santa e tem que ter umbuzada, peixe e presente pros meninos venderem aos padrinhos.
            Na Quarta-feira, Jerusa sai na comunidade pedindo o jejum. Não pode comprar nada nem pode passar os Dias Grandes em branco.
            Antonia, que não é besta, sai na Quinta-feira cedinho pra casa da madrinha Madalena; lá a mesa é farta e comerá como gente.
            Seus irmãos caminham alegremente com os capões que engordaram durante todo o ano para trocarem por dinheiro com as madrinhas. Também vão comer como gente...
            Chega então o Dia Fino. É Sexta-feira Maior. Nada de tomar banho, varrer a casa, costurar, andar montado, usar perfume... “É o dia que Jesus morreu pra nos salvar” - filosofam os mais velhos. Contudo, pode-se comer tinã, arroz, macarrão, peixe, ovos, verduras, frutas a vontade, exceto doce. Se comer é Judas... Judeu!


Tempo de carregamento:0,04