Juliana Silveira






ESQUECI DE LEMBRAR

Me encontrei
Quando esqueci de lembrar.
Esqueci de lembrar do que não tinha
E passei a comemorar o que já recebi.

Esqueci de lembrar dos que me feriram
E passei a celebrar a presença daqueles que me fazem bem.
Esqueci de lembrar as desilusões amorosas
E me concentrei em tudo o que aprendi com cada pessoa.

Esqueci de lembrar das mágoas
E alimentei as lembranças doces
Aquelas capazes de selar os cacos de dentro do peito.

Esqueci de lembrar dos que me ofenderam
Porque estou muito ocupada partilhando com os que me amam. 
Com minhas lágrimas, reguei sementes de amor.

Esqueci de odiar.
Deixei que a raiva me atravessasse
E se desprendesse de mim, rápida, num fluxo contínuo.

Esqueci de lembrar dos que partiram.
Me ocupo em celebrar a companhia dos que ficaram.
Esqueci de me comparar com os outros.
Cuidar de minha vida me parece bem mais nobre.

Esqueci de lembrar de discutir as diferenças.
Prefiro me enriquecer ou até me divertir com elas.
Esqueci de criticar o mundo.
Afino meu olhar para enxergá-lo melhor.

Esqueci de invejar o que os outros têm.
O mais importante que posso ter
Já trago dentro de mim.

E me encontrei ainda mais, quando
Esqueci de gastar tempo brigando.
Meu coração é capaz de acolher mesmo o que não compreendo. (Juliana Davi)

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.