Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Alvacira Soares






Queixa das palavras

Não sei por quê me escreveram
Nem pra quê estou aqui.
Os que me leem, não me entendem
e de mim passam a rir.
 

Se soubessem que me importo
Com o saber de vocês, passariam a admirar-me
Sentir-se- ião feliz

Quem  lê e a mim entende
Pessoa culta se torna
e às ciladas da vida com sabedoria contorna.
 

O saber abre a visão
para um mundo diferente
e no engano traiçoeiro
não deixa cair tanta gente.
 
Por isso um conselho deixo

passe a ler-me agora
pois quem conhece  a verdade
anda rumo à vitória.

 


 


Tempo de carregamento:0,04