Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Luiz C. Lessa Alves






A CONSCIÊNCIA DO IMIGRANTE

A CONSCIÊNCIA DO IMIGRANTE
 
- Olá, moço!
- De onde você é, garoto?
- Da mesma terra que você!
- Sabe de onde eu sou?
- Claro! Você veio, e me deixou por lá, esqueceu?
- Que absurdo! Faz décadas que eu estou aqui; nunca voltei, lá, sequer a passeio! E você ainda é uma criança!
- Verdade. Mas, se quer ser feliz, deixe-me crescer.
- O que está dizendo, menino?!
- Mude seu conceito: deixe-me envelhecer com você.
- Deixá-lo envelhecer...?
- Sim. Ou você muda sua maneira de vida ou ela acabará triste e solitária.
- Quem é você, moleque, para me dizer o que devo fazer...?
- Eu sou o seu ego: você me deixou lá no nordeste; mas, a saudade de tanto fustigá-lo, você não teve alternativa senão me resgatar.
- Não acredito!...
- Agora que me trouxe, precisamos envelhecer juntos! Ninguém pode ser feliz, perdendo tempo restaurando os rastros que deixou para trás.

Tempo de carregamento:0,05