GENERINO GABRIEL DE JESUS






DA SABEDORIA AO PARADOXO

      O ser humano tem a magnífica capacidade de desenvolver a ciência, nos mais diversos ramos, de acordo com as suas necessidades. Tem chegado a conclusões inimagináveis em todos os campos científicos.
   Entretanto, o mesmo indivíduo capaz de dar passos gigantescos em benefício da humanidade, não tem conseguido avançar nas tarefas mais simples quando o assunto é o relacionamento com seus semelhantes, que deveria ser pacífico, pois com eles deveria viver de braços e mãos entrelaçados, em busca da paz necessária ao planeta.
          Por essa razão, o homem contemporâneo é considerado um paradoxo de si mesmo: capaz de passos gigantes, mas incapaz de avançar no campo da compreensão, da justiça e da solidariedade.
        Necessário é, pois, que aprendamos a lição! Muitas vezes, gestos pequenos, pequenas ações, quando envoltos de razão e sentimento são bem mais edificantes do que os passos que julgamos grandes, já que são capazes de transformar o homem num ser humano melhor, que aprende a enxergar seu semelhante como um aliado, e não como um potencial adversário, do qual procura esquivar-se.
 
Rodelas/BA, 23 de julho de 2010.
Generino Gabriel

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.