Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Edson Lopes de Oliveira






Bala Perdida

Um estampido distante
Um projétil a ermo
Um corpo inocente
O impacto;
A queda, a dor, a perda
Lágrimas sem embalo
A bala... Abala
Como a poluição no planeta
Vem de todos os lados:
Nas ruas, nos lares, nos parques
Invadindo a alegria
Dos barquinhos em embalo
A bala sabor chumbo
Não é calibre hortelã
Ela é amarga.
Vem zumbindo como vespas
Ardentes como larvas de vulcão
Assassina bala perdida
Perdestes o teu rumo
Nos gabinetes sem direção
A bala.

Tempo de carregamento:0,04