Marlene Santos






O RIO QUE MORREU.

O Rio chorou, chorou até que secou.
Sofreu, sofreu até que morreu.
O Rio tinha uma esperança de ser salvo pela vizinhança.
Antes de morrer ele pediu para a floresta ao seu redor:
-Por favor, por favor, não me deixe só!
Pediu também para o sol:
-Por favor, por favor, tenha pena de mim, não me esquente tanto assim!
Mas, com tanto calor, a água do Rio evaporou e o Rio secou.
O Rio também mandou uma mensagem  telepática
Para a humanidade:- Por favor, tenha piedade!
Mas, a humanidade não entendeu e o Rio morreu.
Na verdade, o Rio foi acometido por uma doença
Que se chama Desequilíbrio Ambiental
Que lhe atingiu de forma fatal.

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.