Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Luiz C. Lessa Alves






O MURCHAR DA FLOR

O MURCHAR DA FLOR
 
Hoje o sol me viu de olhos vermelhos,
Lamentando muito o meu proceder,
De ter preferido perder a amada
À amiga, ao perder você!
 
Acordei relembrando o que me dissera
E fiquei triste por nada lhe dizer,
Depois de ouvir todas suas mágoas,
Eu só pensei em confortar você!
 
Chorei porque perdi minha chance
De confessar-lhe todo o meu amor,
Deixando cair a última pétala,
Daquela que seria minha única flor.
 
Foste a rosa que em meu jardim floriu,
Mas pouco durou, ontem morreu.
Murchou calada, sem nenhum rancor...
Embora triste, pois não teve adeus!
 

Tempo de carregamento:0,04