Marlene Santos






A CASA SEM TELHADO.

A casa sem telhado era um lugar
Onde os animais se reuniam
Principalmente à noite onde todos dormiam.
Na casa sem telhado
A galinha e o gavião dormiam lado a lado.
O rato fazia o gato de travesseiro
O bicho preguiça fazia a faxina diária
A vaca doava o seu leite
E as borboletas ficavam na parede como se fossem enfeites.
À noite os vaga lumes iluminavam a casa
Na madrugada o galo era o despertador
À tarde os papagaios contavam estórias para os demais.
Na casa sem telhado
A harmonia reinava entre os animais.
Mas, um dia apareceu um homem
Se dizendo o dono do lugar
No dia seguinte ele voltou com outros homens
E a casa mandou derrubar.
Foi um desespero geral
Mais uma vez, era o homem destruindo o mundo animal.

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.