Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Marlene Santos






A ARARINHA AZUL.

A Ararinha azul coitada!
Foi condenada a morar no cativeiro
Perdeu o direito de viver no seu habitat natural
Por culpa do homem mau.
Não pode pular de galho em galho
Não pode buscar o seu próprio alimento
Não pode escolher o seu próprio acasalamento
Foi condenada ao tormento
Pelo homem avarento.
A Ararinha azul coitada!
Não tem culpa de nada!
Ela só nasceu bonita
E por isso foi perseguida, presa e vendida.
Hoje a sua espécie está em extinção
E para salvar as que restam
A solução foi a condenação.
Isso é triste e aperta o coração.


Tempo de carregamento:0,04