Mauro Evaristo






Palhaço

 Com o rosto maquiado,
sempre sorrindo a pular.
No fundo, um angustiado
com vontade de chorar!


Feliz no picadeiro,
rola no chão feito criança,
o palhaço bom e muito festeiro
ensina a ter esperança!


Uma criança muito triste
nem percebe que o palhaço
pula, dança, cai, não desiste
e chora, só depois ganha um abraço!


A plateia está a aplaudir
aquela cena doce e sincera.
Ao começar a sorrir,
pode ver quem aquela criança era!


Era sua única filha,
que num acidente desaparecera
e no desespero de sua vida
aos poucos ele morrera!


O porquê não importava,
já que era imensa tanta alegria.
A verdade é que o palhaço chorava
e a menina triste sorria!

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.