Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Lúcia Constantino






SOB O OLHAR DO INVERNO

Em paz, os sinos.
Calam-se pensamentos.
Um dia, os dias viveram destes hinos
dançando no azul, com os ventos.
 
Estrelas na noite,
desenham cordilheiras de sombras
E essas luzes já foram rosas vivas.
Agora, um jardim em coma.




(Direitos autorais reservados)

Tempo de carregamento:0,12