Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Eudes Miguel da Silva






As Santas Escrituras

Nenhum outro livro narra com precisão as origens do homem e de tudo que no mundo há. Nenhum outro livro responde às necessidades físicas e espirituais do ser humano como As Santas Escrituras. Não é de admirar que tenham surgido várias tentativas de deitá-la por terra, a final quem seria beneficiado caso isso acontecesse algum dia? Houve quem se atreveu a queimar alguns rolos manuscritos da Bíblia, porém, quanto mais faziam isto mais ela se fortalecia, quem providenciava para que ela pudesse chegar até os nossos dias? Mesmo havendo reinos e nações querendo destruí-la suas mensagens conseguiram romper as mais altas barreiras. Não houve e tampouco haverá potestades capazes de detê-la. Escrita sim, por homens, mas não por vontade humana todos eles escreveram de um só autor a prova disto é o mesmo pensamento e sentimento em relação: a orientação, cuidados e redenção da raça caída. A Bíblia é o livro mais importante e completo da história humana e também o mais antigo em se tratando de impressão. Neste livro encontram-se todas as ferramentas necessárias para se obter conhecimentos tanto seculares quanto espirituais. Talvez muitos a tenham apenas como um livro religioso onde estão escritas as leis a serem cumpridas ou ainda onde se fala de juízo e condenação, no entanto ela pode nos oferecer mais que religiosidade.

Há inúmeros benefícios em se estudá-la, porém, para fins didáticos podemos destacar as mais importantes contribuições da Bíblia para a humanidade através dos tempos:

  1. É um verdadeiro documentário histórico. Em se tratando de uma coleção de escritos com vários séculos antes de Cristo, tem servido como fonte de pesquisas históricas antigas.

  2. É referencial de valores éticos e morais. Através dela as sociedades ao redor do mundo criam suas práticas sociais e éticas.

  3. É fonte de cultura. Deve-se a ela a criação de universidades, pois tiveram origens em escola cristã.

  4. É fonte de inspiração para as artes. Da leitura de suas páginas têm surgido muitas versões da existência da vida no planeta terra, inclusive a teoria do big bang. Mitos e lendas têm se originado na Bíblia e através deles o homem vem recriando seu mundo. As artes, literatura, arquitetura, pintura, escultura e música são encontradas na Bíblia.

  5. É fonte de riqueza espiritual. Milhares de pessoas têm encontrado a paz em tão somente lendo suas páginas sagradas o que um livro comum não é capaz de fazer. Isto nos dá prova de que seus escritores foram divinamente inspirados por Deus, pelo contrário não resistiria a toda prova a que fora submetida, inclusive sendo proibidos sua leitura e manuseio, durante a era das trevas a chamada idade Média, período em que se instaurou a chamada santa inquisição.

No mundo antediluviano As Santas Escrituras eram repassadas de pai para filho de forma oral. Haja vista a capacidade que tinham os homens daquela época de memorizar por séculos, toda e qualquer informação que lhes fosse repassada. Pouco se sabe sobre a maneira como eles viviam, portanto o suficiente para sabermos que possuíam centenas de vezes capacidades maiores que qualquer homem bem desenvolvido de hoje. A história secular os pinta como se fossem macacos em processo evolutivo, que aos poucos foram conseguindo se situar no espaço e desta forma garantiram sua sobrevivência. Cientistas evolucionistas criaram a teoria da evolução para tentar preencher o vazio que há em suas mentes e corações.

Segundo estes cientistas, o homem moderno está bem evoluído hoje, no entanto em relação aos homens antediluvianos estes têm regredido. Regrediram tanto na estatura física quanto na inteligência e força. Um homem antediluviano tinha três vezes a altura de um homem considerado alto em nossos dias. À medida que foram se multiplicando sobre a face da terra e com eles as trevas, foram perdendo sua longevidade, capacidade de memorização por longos séculos, estatura e vigor físico, beleza e senso de justiça, moral e ética. Até se chegar ao que somos hoje. Desprovidos da capacidade de memorização por períodos muito longos, eles sentiram a necessidade de registrarem suas histórias e atividades através da escrita a fim de que pudessem recorrer a elas quando as necessitassem. Desta forma as Sagradas Escrituras que eram repassadas de forma oral, passaram a ser escritas a fim de que pudessem ser transmitidas aos seus filhos ao longo dos tempos. Surgem então os primeiros processos de ensino da escrita e leitura entre os povos da antiguidade.


Tempo de carregamento:0,05