Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Betimartins [ Elisabete Ribeiro ]






Ser-se apenas feliz!

Ser-se apenas feliz!
 
Ser feliz é um direito e não uma opção
Apenas quem arrisca é quem sabe o que quer
Corre em direção da felicidade e a concretiza
Mas o porquê de tanta dor e infelicidade?
Porque somos oportunistas, altruístas
Estranho não tudo, isto? Consumidos!
Pelo ódio, apanhados na teia da inveja
Pela falta de sonhos apenas só nossos sonhos
E a senhora inveja como ela é a grande líder
A rainha da incapacidade, dos preguiçosos
Pois é a felicidade fica presa no limbo do tempo
Na insanidade de cada um, aquele que lamenta
E como ele se lamenta, correm rios de lágrimas
Amargas e sentidas em si, a todos os momentos
Pois é! É cega a nascença, filho da cruel duvida
Mas a felicidade anda nas estradas da harmonia
Repleta de alegria, cheia de humor e esperança
A felicidade está em cada momento vivido
No amor, na partilha, na doação, na participação
Num abraço, num sorriso, numa gargalhada
Nas mãos de uma simples criança, na pureza
Que ela nos ensina a ser feliz nas pequenas coisas
Na borboleta que te faz parar para tu admirares
Na flor que colhes, na arvore que tu plantas
No trabalho que tanto te desgasta, mas afaga
Teu dever cumprido e no simples agradecimento
Que a vida sempre é generosa conosco, sempre
Pois somos os filhos sempre tão amados por Deus...
 
 
 

Tempo de carregamento:0,05