Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Abraão Leite Sampaio.






Duas artes na mesma palma e dedos.

 
Mãos ágeis e habilidosas,
não só para conduzir uma cura.
Que requer destrezas em ações melindrosas,
mas estas também libertam-se quando defronte a partitura.
 
 
Competência comprovada, dentro da lisura desta profissão de seres abençoados.
Mas no toque das teclas paralelas, era incógnita seu comportar diante delas.
Para surpresa dos desavisados seus dedos deslizavam como a leveza dos grandes sobre os teclados,
em pequeno espaço de tempo... operas... tangos... clássicos presenteando-nos com "Bis" as mais belas.
 
 
Encanto total oferecido por este que pensávamos ter singularidade profissional,
engano!... tem a versatilidade dos iluminados... que vem ao mundo já consagrados
Põe luz e acordes suaves ao cobrir-nos com este lazer... musical,
recinto com predominância de notas em ressonância... a nós o reverberar ainda afinados.
 
 
 
Torcida generalizada para que este bem aventurado continue nesta jornada,
porque esta dualidade enobrece trazendo-lhe benesse.
Homem de pouco falar... mas nos atos fluem traços fortes a denotar,
Brilho intenso mesmo no calar das notas faces brilhantes agradecendo estes inesquecíveis instantes.                                                                                                                                                        
 
 
Que no seu modesto comportar, apenas um sorriso singelo... ciente deste talento latente.
Harmonia corporal... gesto... corpo e mente como estivesse diante de um coral.
apresentação perfeita...  instrumento unitário que levou-nos a passados orquestrados.
"Restaurador da saúde"! Continue com este brilho e atitude, leve esta serenidade ao longo de sua  longevidade.
                         
 
  Poema dedicado ao médico e amigo, Dr. Renato Abrahão.
                                                                                                                            
 
                                                                                                   Abraão Leite Sampaio.
 
 


Tempo de carregamento:0,04