Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Ramon Bernardo Da silva






O Sexo e a Noite: Fazer sexo X Fazer Amor.

 Sempre que acabamos o ato sexual, nos fazemos a mesma pergunta: Foi sexo com amor? . Bom nem sempre o amor atua na hora do coito sexual, muitas pessoas fazem sexo apenas com o intuito de seu prazer egoísta , não  lembram que existe no ato uma troca, exigindo dois corpos e uma alma. Fazer Sexo ou fazer amor? Dá ou receber?Sentir-se satisfeito ou satisfazer? .
     Fazer Sexo é fazer uma troca com outro indivíduo que lhe atraia com suas qualidades e atributos físicos. No sexo sem amor, procura-se apenas prazer momentâneo e o gasto de energia envolve excitação sensualidade e muito mais, o que, não se encaixa nesse tipo de sexo é sentimento. Fazer amor é bem diferente, a quem diga que não foi sexo, foi apenas mais uma prova de todo sentimento que existe e é recíproco de ambos os participantes de tal ato sentimental que proporciona prazer e união.
     O egoísmo não tem nada a ver com o amor, e não podem atuar juntamente, pois não se suportam. Assim, se é feito amor não há egoísmo, mais pode haver amor de uma parte, e a outra apenas uma busca de prazer, assim, o sentimento é incapaz de transformar a situação, fazendo com que um tenha prazer e o outro se sinta frustrado por sua busca por amor, não obter resultados. Mais não estamos aqui para julgar, cada um decide o que quer. Fazer sexo ou fazer amor? Eis a questão. Faça sexo, mais deixe isso claro a seu parceiro, não se engane, nem engane a ninguém, e faça amor, se sentir que é possível. Dê e receba, pois mesmo que não haja amor, é necessário que ambas as partes tenham proveito dessa relação. Deixe sua companhia, mesmo que seja apenas por uma noite, satisfeita, e assim se sentira satisfeito também.
     Fazer sexo é diferente de fazer amor, mais a vida é muito longa e ao mesmo tempo muito curta, já que não sabemos como e quando se chegará o fim, faça sexo e faça amor, faça vida.

Tempo de carregamento:0,03