Maria Francisca dos Santos Lacerda






Castelo encastelado

 CASTELO ENCASTELADO
 
Tenho saudades de ti.
Eras doce, afável.
Davas conselhos, lembra?
Aceitavas conselho, lembro.
 
Distanciaste. Teu castelo cresceu.
Está tão alto que não te vejo
Tens pressa. Tens trabalho.
O castelo espera. O castelo cobra.
O castelo exige.
 
Leio seus textos. Com fuligem.
E sem coragem, releio.
Nem escrevo mais, não lês.
Tens pressa. A Torre.
Ah!  A torre. A galgar.
 
Maria Francisca – abril de 2009.
 

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.