Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Almerinda Galúcio Aires






Chuva de esperança

 

 

A chuva caí lá fora...

molhando a terra seca...

o asfalto quente...

A chuva caí...renovando...

a esperança de vida...

para as plantações...

para o agricultor...

A chuva tão esperada...

depois de uma longa estiagem...

A terra já suplicava tua chegada!!

Vem chuva!! Renova a esperança...

Na semente lançada a terra...

Eu fico a olhar-te da janela...

o teu céu cinzento...

como a minha vida...

Caí sobre mim...chuva de esperança!!

Depois da chuva...tudo refloresce...

e o sol volta a brilhar!!!

 

Almerinda Galúcio Aires

 


Tempo de carregamento:0,05