Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Mauro Evaristo






Agora é a minha vez.

As portas se abriram para mim,
agora é a minha vez,
finalmente colho flores nos jardins,
mas o faço com lucidez!

Estou pronto e disposto
a colher pelo que plantei
e quem olhar em meu rosto
saberá o que já chorei!

Não deixo mágoas no caminho,
nem dou ouvidos à maldade.
Se fiquei só no meu caminho,
não me torturo com a saudade!

Não procuro por inimigos,
deixo-os com suas sinas,
sei agora que um sorriso
é o registro de uma vida!

Peço paciência aos ditos sábios
com a ignorância geralizada,
pois constantemente me esbarro
em sabedorias disfarçadas!

Não corro atrás do tempo,
apenas sigo com minha vida,
pois quem planta bons sentimentos
com certeza não colhe feridas!

Sigo ao encontro de minha riqueza,
que surge dia a dia, mês a mês,
e agradeço a Deus tanta beleza.
Agora é a minha vez!

Sei agora que mereço
toda a fortuna que a mim vem,
e por isso sempre agradeço
a Deus e todos que estão no caminho. Amém!

Tempo de carregamento:0,04