Mauro Evaristo






Meu tempo sem você.

Já fiz de tudo neste ano.
Ganhei, lutei e perdi,
tropecei em meus enganos,
só de você que não esqueci!

Já corri mundo nesta vida
e fiz poemas ao luar,
mas sua imagem tão querida
do coração não pude apagar!

Já andei por esta terra,
briguei com anjos e demônios,
enfrentei terremotos e guerras
e até falsos matrimônios!

Já vaguei pelo planeta
corri searas e pântanos,
não realizei falsas proezas,
mas não esqueci o quanto a amo!

Já fiz de tudo que podia
para tentar me reerguer,
mas nem mesmo a poesia
salvou meu tempo sem você!

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.