Luiz C. Lessa Alves






MEU CURIÓ

MEU CURIÓ
 
Eu bem me recordo do meu curió!
Como poderia esquecê-lo? 
 
Galopando sobre suas asas,
Ninguém nos acompanhava,
Além dos meus vira-latas,
Amigos inseparáveis,
Só se via eu e ele!
 
Na frente corria o gado,
Nas laterais, Plutão e Marte...
Nas árduas e duras vaquejadas!
 
Ah, se lembro!
Rápido como um raio,  
Suave como o vento!...
Meu curió - que saudade!
De você inda me lembro!

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.