Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







GERALDO DE CASTRO PEREIRA






LINHAS PARALELAS

 
Minha vida
É uma quimera,
Rodopiando numa esfera
Sem nunca chegar a um fim.
 
Minha vida,
É luta, é lida,
Equilibrando-se apenas
a duras penas,
Em duas linhas paralelas,
plenas de mazelas.
Linhas que, com certeza,
num derradeiro grito,
encontrar-se-ão no infinito.

Tempo de carregamento:0,03