Abraão Leite Sampaio.






Jorge Luiz Borges.

Jorge Luiz Borges

Rivalidade, entre nós e “hermanos”,
é notável no comportar-se da maioria.
Mas com este, não podemos ser levianos,
foi grande, comportando-se com maestria


Poeta, contista, ensaísta, romancista, artista das letras.
Democracias, ditaduras, não cambiavam sua mente.
Enquadrou sua caneta, aos homens de baioneta,
mesmo assim... portas abertas da esquerda valente.


Respeito!... ao poeta maior, que o caos político não lhe   [impunha pavor.
Ruborizado presenciei palestra, deste que parecia reger  [orquestra,
quando em aplauso ensurdecedor o aclamaram com [fervor.
Presenciei, vi, senti e certifiquei, que gênio não se curva à [linha mestra.


Suspense... e olhares assustadores
diante de nós, estava um que apoiava os ditadores.
Mas era o grande e surpreendente... Jorge Luiz,
[  que veio, e falou o que quis.

                   
                    
                  Abraão Leite Sampaio.

Obra editada no livro "100 Grandes Poetas Brasileiros" Edição 2010.

CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.