Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







GERALDO DE CASTRO PEREIRA






BORBOLETA AZUL


           Brilhava à luz do sol
           Airosamente,
           Uma borboleta azul,
 
           E eu, fascinado
           Por tanta beleza,
           Por tanta leveza,
           Apanhá-la eu quis.
 
            E ela volitava pelos ares
            E eu atrás dela corria.
            Percorri grandes distâncias,
            Durante noites,
            Durante dias. 
           
             E quanto mais eu andava,
             De mim ela fugia.
      
             Já exausto,
             Para minha casa eu volto.
             Desconsolado e triste.
 
             Quando entro,
             O que encontro?
             - A borboleta azul
              Na janela de meu quarto..
          
 

Tempo de carregamento:0,04