Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Vicência Jaguaribe






Meu barco encalhou na praia

Estou só.
Chacoalhado como um brinquedo
por uma onda gigante
que desnorteou o que estava ao alcance,
meu barco encalhou na praia.
 
O barco avariado exigiu reparos.
Mas há avarias e avarias.
E algumas deixam feridas
que não se podem pensar.
 
E o barco voltou ao mar
e enfrentou as ciladas do abismo,
mesmo sentindo que podia soçobrar.
 
(Nem sempre se tem condições
de levar um barco ao estaleiro,
de onde sai totalmente reparado.)
 
E ele voltou ao mar sabendo-se
sem força para resistir às ciladas.
Voltou, não por se achar curado,
mas por não encontrar um porto
onde pudesse ancorar.
 

 

Tempo de carregamento:0,09