Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Paulo Tasso Diniz Filho






O Enigma da Vida

Com o desbravar do universo
 A vida ressurgiu
Como estados formidáveis
Em harmonia com o campo imaginativo
 
Coisas materiais existem
Mas nada representam
São apenas estados da matéria
Em harmonia com nossa própria consciência
 
Entender em minha concepção
É mais do que assimilar idéias
É compreender os mais profundos estados de interação
Que interagem com nossa própria existência
 
Compreender é como vivenciar
Aquilo que mais queremos
Querer em meu pensar
É se situar além do imaginativo
 
Ao vivenciar o universo
Busco respostas para o meu passado
E mesmo quando não as consigo
Ainda tenho esperanças de concebê-las
 
Finalmente busco algo
Que não julgo ser o mais palpável
Pois se o seu acesso fosse fácil
Perderia o sentido de desbravá-lo
 
A vida é como um enigma
Um enigma que o universo nos impõe
E como o universo há de ser dinâmico
Temos de flutuar nos horizontes de nossa consciência

Tempo de carregamento:0,01