Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







Paulo de Faria Salgado






Flor de cacto - Flor de Beth

 

FLOR DE CACTO – FLOR DE BETH

Muitos nos fazem chorar,
Mas muito mais nos fazem rir.
E todos, de uma forma ou outra,
Marcam nossas vidas... E assim seguimos.
 
A vida não se conta pelas respirações,
Mas sim pelo que nos corta o fôlego.
Portas se fecham e ficamos a olhá-las –
Não vemos ou não queremos ver as que se abrem.
 
Se, talvez, esquecêssemos as magoas e dores do passado,
Não teríamos dificuldades para irmos adiante.
Muito mais portas se abririam e com certeza, veríamos,
O quanto somos egoístas em não nos sentirmos amado.
 
Assim como a flor do cacto,
Não são nossos espinhos e solidão
Que tiram nossa beleza nem o quanto podemos saciar,
Quem de nós venha necessitar.
                                                           (Paulo Salgado – 07/2010)

Tempo de carregamento:0,04