Oliver Barros Xavier Januário




Biografia

 

Na capital de São Paulo, Zona Leste, nasceu no dia 02 de janeiro de 1993, Oliver Barros Xavier Januário; um capricorniano desajustado, cujo ainda jovem adolescente procurou nas serenas palavras da prosa e do lirismo, a força e a fé desejada para ultrapassar os terríveis obstáculos imposto pela sua dislexia.

Literalmente, ele foi batizado do referido nome acima em homenagem ao escritor inglês Charles Dickens, pelo padrão de qualidade e tamanha beleza de seu romance “Oliver Twist” no que gerou seu pseudônimo (Oliver Dickens) um prestígio que alimenta sua açucarada alma no sonho de ser escritor.

Muito fã de J. K. Rowling, foi influenciado pela saga do famoso bruxinho e pelo jovem ninja de Masashi Kishimoto. O destino então abriu-lhe as portas com muitas dificuldades para as letras...

Em 2007, tornou-se uns dos membros-fundadores da 3ª Academia Estudantil de Letras, na Escola Cecília Meireles, ocupando a cadeira nº 19 de J. K. Rowling. Contudo, tempos depois, foi submetido a mudar e escolheu o escritor brasileiro Thiago de Mello.

No último ano do ensino fundamental, já inspirado perante o maravilhoso universo literário e encantado com muitos escritores que havia conhecido pessoalmente na academia. Viu-se obrigado e fascinado a escrever, redigindo-se a história de sua vida num projeto de livro na ONG, cujo recebeu o nome de “Fatos Reais” baseada na ideia que originou-se no filme “Escritores da Liberdade”.

O jovem descobriu seus dons e ideias, fez vários poemas entre eles sonetos. E, diante do computador e rascunhos feitos em pedaços de papeis, iniciou-se almejando uma saga a criar seu primeiro livro: “Lester Greenwich & Os Talismãs Elementais: O Despertar do Fogo” e duas histórias paralelas: “Os Lendários Magistrais Amazônicos” e “A Feiticeira do Vale da Morte”.

No ano de 2011 entrou para o Grupo de Estudos na Escola Estadual Prof. Maria Augusta de Ávila, convidado pelo seu professor de história do 3º ano do ensino médio para participar na elaboração do que seria uma espécie de enciclopédia voltada a música brasileira e seus compositores. Isso foi devidamente depois de ter daclamado perante o professor na sala de aula, a continuação da famosa frase "Ser ou não ser, eis a questão" verso citado pelo personagem principal da "A tragédia de Hamlet, príncipe da Dinamarca, de William Shakespeare".

No entanto, em busca de uma editora, ele se ver vítima de seu princípio no sonho de ser escritor, por imposição de ordem financeira para sustentar seu próprio prestígio. Mas, há dentro de seu coração a esperança de quando terminar o ensino médio, encontrar um bom emprego e se especializar em algo ligado em literatura, realizando-se então seus objetivos sonhos.



Textos de Oliver Barros Xavier Januário
Soneto - A distância entre um forte amor!
Poema de cordel: A proposta de poeta cordelista
Poema: A tristeza da bailarina
Soneto - És o amor de um sonho sem limites!
Soneto - Jovens amores


CopyRight © Cepedê Sistemas & WebSites - Comércio eletrônico.