Apelido:

Senha:


Esqueci minha senha







LEOMAR BARALDI




Biografia

 

 

      Nascido em Monte Azul Paulista, em 8 de Maio de 1971, cresci na área rural, estudei em escolas e colégios aqui da cidade. Fui por uns tempos, entregador de jornal aqui na cidade. Trabalhei uns tempos numa agroindútria. Agora trabalho na Rádio local.

        Escrevo desde os onze anos, quando copiava textos dos livros escolares. Gosto de contos cômicos, com desfecho hilariante ou prosaico. Tenho vários textos, alguns romances escritos, mas não publicados.





Textos de LEOMAR BARALDI
EM BUSCA DA DENTADURA DA FUTURA SOGRA
NUM AMASSADO COMEÇOU E NOUTRO AMASSADO ACABOU
O DIA DO CRUZAMENTO ENTRE CHUPETA E DESIRÊ
UM BORRACHEIRO E A PATINAÇÃO DO GELO
A LÁGRIMA NA BATATA
CIPÓ MENINO BÃO
UMA FANTASIA DE COELHO SALVA A RELAÇÃO
NA TROCA DO PATO PELA PATA ALGUÉM TINHA QUE PAGAR O PATO
UMA LINGERIE QUE FOI LONGE DEMAIS
HOMEM E CACHORRO SE CONFUNDEM NO AMOR
A MULHER GRÁVIDA DE MELANCIA NA FILA DO BANCO
GRANDE SERTÃO.... SER TÃO.... SERTÃO
O HOMEM QUE ENFIOU O PÉ NO VENTILADOR
OSVALDÃO SÓ NÃO DESCOBRIU O BRASIL PORQUE PERDEU O ÔNIBUS
O FUTURO ESTÁ ONDE MENOS SE ESPERA
O CACHORRO ENGOLIU AS CHAVES DO CARRO
O OPERADOR DE EMPILHADEIRA QUE FEZ CHOVER
O HOMEM QUE FICOU COM A ONÇA
NAPOLEÃO COM A CALÇA NA MÃO
O PRIMEIRO DIA DE VENDAS DE UM CORRETOR FUNERÁRIO
UM DIA DE REI
TARZAN NO MOBRAL
O LADRÃO DE TALENTO
A SOMBRA DO RATO
O ROUBO DA BICICLETA DO DENTISTA
TÃO PERTO E TÃO LONGE
A VIÚVA FALIDA
O HOMEM QUE CASOU-SE COM UMA ABÓBORA
O FILHO DE ADEMAR QUERIA IR PRA LUA
UMA ÚLTIMA HISTÓRIA DE NATAL
LEMBRANÇAS DO CÁRCERE DA DITADURA
OU ELE OU EU
A Mulher do Empadão



Tempo de carregamento:{elapsed_time}